UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/02/2010 - 19h49

Comitê estabelece cronologia mensal de recessões para o Brasil

RIO - O Comitê de Datação de Ciclos Econômicos (Codace) estabeleceu uma cronologia mensal de recessões para a economia brasileira entre 1980 e 2009. De acordo com o estudo, a duração média das recessões do país neste período foi de 15,8 meses, enquanto os períodos de expansão duraram, em média, 28,7 meses. Até então, as datações do Codace faziam referência apenas aos trimestres.

A última recessão, que começou em julho de 2008 e acabou em janeiro de 2009, foi a mais curta desde 1980, com apenas seis meses de duração. O período de expansão anterior, de junho de 2003 a julho de 2008, foi o mais longo da série, com 61 meses.

A maior fase de recessão durou 30 meses, entre junho de 1989 e dezembro de 1991. Já o menor período de expansão durou apenas oito meses, de outubro de 1988 a junho de 1989.

Considerando-se apenas o período posterior a 1994, caracterizado por menor inflação, observa-se relativa estabilidade da duração média dos períodos de expansão, em 29 meses. Por outro lado, constata-se diminuição da duração média dos períodos recessivos, para 9,6 meses.

O Codace é composto por Affonso Celso Pastore, coordenador e ex-presidente do Banco Central; Dionísio Dias Carneiro, do Iepe-Casa das Garças; João Victor Issler, da FGV; Marcelle Chauvet, da Universidade da Califórnia; Marco Bonomo, da FGV; Paulo Picchetti, FGV; e Regis Bonelli (Ibre/FGV).

(Rafael Rosas | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host