UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/02/2010 - 13h55

Rio Tinto ganha 33% mais em 2009

SÃO PAULO - A Rio Tinto, segunda maior mineradora do mundo, atrás apenas da anglo-australiana BHP Billiton, terminou o ano de 2009 com lucro líquido 33% maior, em relação aos 12 meses antecedentes. O ganho atribuível aos detentores de ações da empresa ficou em US$ 4,872 bilhões, contra os US$ 3,676 bilhões apurados em 2008. A mineradora notou que o lucro refletiu a escala e a força de seu desempenho operacional, especialmente no segundo semestre.


Descontando itens extraordinários, o lucro recuou 39%, indo de US$ 10,303 bilhões em 2008 para US$ 6,298 bilhões no exercício seguinte. Para o presidente da Rio Tinto, Jan du Plessis, esse resultado é positivo tendo em vista um ano de mudanças rápidas nas condições macroeconômicas.

O lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) e excluindo alguns itens extraordinários somou US$ 14,312 bilhões no calendário passado, com queda de 36% em relação aos US$ 22,317 bilhões registrados um ano antes. As receitas somaram US$ 44,036 bilhões em 2009, mais enxutas do que os US$ 58,065 bilhões dos 12 meses antecedentes.

Apesar da volatilidade do ano passado, a Rio Tinto acredita no crescimento da demanda por commodities, especialmente pelo fato de a China e a Índia se urbanizando e industrializando nas próximas duas décadas.

Para 2010, a companhia prevê gastos com bens de capital de ao menos US$ 5 bilhões, podendo alcançar US$ 6 bilhões.

(Juliana Cardoso | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host