UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

12/02/2010 - 08h52

Bolsas da Ásia fecham em direções opostas, com foco na Grécia

SÃO PAULO - As bolsas da Ásia fecharam sem direção comum nesta sexta-feira. Parte dos investidores sente certo alívio com a promessa de que a União Europeia apoiará a Grécia, mas a tensão permanece com a falta de um plano concreto.
Os agentes também estiveram atentos à queda na demanda por auxílio-desemprego nos Estados Unidos, que, segundo o Departamento do Trabalho americano, caiu mais do que o esperado na semana passada.
Além disso, a China também divulgou dados ontem que foram interpretados pelo mercado como positivos, como a alta menor que a esperada dos preços dos consumidor. O aumento foi de 1,5% em janeiro, contra igual mês de 2009, o que denota uma desaceleração do ritmo de avanço, já que, em dezembro passado, o indicador subiu 1,9%.

Em Tóquio, o índice Nikkei 225 teve alta de 1,29%, aos 10.092 pontos. O Shanghai Composite, de Xangai, subiu 1,09%, para 3.018 pontos.
Em sentido contrário, o Hang Seng, de Hong Kong, registrou queda de 0,11%, aos 20.268 pontos. O Kospi, de Seul, diminuiu 0,26%, ficando em 1.593 pontos.

Entre os destaques de alta desta sessão apareceram Toyota, com acréscimo de 2,1%, Mitsubishi Corp., com um ganho de 3,3%, e Sony, com elevação de 1,5%. Na China, a Jiangxi Copper, maior produtora de cobre do país, avançou 1,1%, influenciada pelo preço maior do cobre.

(Karin Sato | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host