UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

12/02/2010 - 13h42

OAB-DF vai apresentar pedido de impeachment contra a posse do vice

SÃO PAULO - A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) do Distrito Federal vai apresentar hoje, às 15h30, um novo pedido de impeachment contra a posse do vice-governador Paulo Octávio (DEM), indicado depois que o governador José Roberto Arruda (sem partido) solicitou licença do cargo.
Ontem, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) decretou a prisão preventiva de Arruda, acusado de chefiar o "mensalão do DEM", esquema de corrupção que envolvia o pagamento de propina para parlamentares do distritais. Para Francisco Caputo, presidente da OAB-DF, nada justifica a posse de Paulo Octávio.
"É público e notório que ele está envolvido no escândalo e não tem condições jurídicas e políticas para suceder o governador em caso de afastamento determinado pela justiça", avaliou Caputo. Ophir Cavalcante, presidente nacional da OAB, apoiou a decisão da seccional do DF.
"Este novo pedido de impeachment vem a reforçar o pedido de intervenção feito pela Procuradoria-Geral da República na tentativa de restaurar a ordem na política do DF", disse Cavalcante.

Paulo Octávio, que assumiu o governo do Distrito Federal ontem à noite, cancelou sua ida à Câmara Legislativa, que estava programa para hoje. O vice discutiria com os deputados a situação de governabilidade após a prisão de Arruda.
De acordo com a assessoria de imprensa do governo local, o encontro foi adiado à pedido do presidente da Casa, deputado Wilson Lima (PR).
(Fernando Taquari \ Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host