UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

17/02/2010 - 14h59

Bovespa segue com forte alta e dólar cai 1,23%, a R$ 1,837

SÃO PAULO - Os investidores seguem ajustando posições na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) depois do feriado de Carnaval. Por volta das 15 horas, o Ibovespa marcava alta de 1,87%, aos 67.084 pontos, com giro de R$ 2,15 bilhões.

Segundo um operador de mercado que prefere não se identificar, os agentes começaram o dia corrigindo os ganhos acentuados do mercado externo na terça-feira, quando não houve pregão por aqui.

De agora em diante, diz o especialista, o mercado opera em função do vencimento do Ibovespa futuro, o que pode somar instabilidade ao pregão. O contrato de fevereiro será liquidado e a referência passará a ser o vencimento de abril.

Há pouco, o Ibovespa que vence hoje subia 1,80%, a 67.110 pontos, enquanto o contrato de abril ganhava 1,83%, a 67.820 pontos.

Ainda de acordo com o operador, atenção à ata do Federal Reserve (Fed), banco central americano, que será divulgada por volta das 17 horas. Os agentes aguardam os comentários sobre inflação e atividade e procuram pistas sobre a retirada de estímulos, tema abordado pelo presidente do Fed, Ben Bernanke, em discurso realizado na semana passada. No mercado externo, os índices americanos operam com leve alta. O Dow Jones ganhava 0,25%, enquanto o Nasdaq subia 0,15%. Na agenda do dia, a construção de novas moradias subiu 2,8% em janeiro, para 591 mil unidades na taxa anualizada. Já a produção industrial mostrou alta de 0,9% no mês passado, em linha com o esperado. Também foi divulgada uma alta de 1,4% no preço de importação em janeiro.

No câmbio, os agentes também ajustam posições, e vendem dólares no mercado local apesar da força da moeda americana contra o euro. Há pouco, a divida valia R$ 1,837 na venda, queda de 1,18%.

Dentro do Ibovespa, Vale PNA continua liderando a retomada, subindo 3,22%, a R$ 44,12. Petrobras PN ganhava 1,0%, a R$ 34,14, e OGX Petróleo se valorizava 0,79%, a R$ 17,67.

Ainda entre os mais negociados, Usiminas PNA apontava alta de 3,57%, a R$ 47,80, BM & FBovespa ON subia 2,57%, a R$ 12,35, e Itaú Unibanco PN aumentava 1,42%, a R$ 37,61.

O destaque de alta está com o papel ON da Natura, que se valorizava 4,84%, a R$ 34,60. AmBev PN vem logo depois, com ganho de 4,53%, a R$ 176,80. Rossi ON também ganhavam mais de 4%, a R$ 14,18.

Na ponta oposta empresas do setor de telecom. Vivo PN perdia 1,27%, a R$ 51,04, Telemar PN devolvia 0,91%, a R$ 32,35, e Brasil Telecom PN recuava 0,76%, a R$ 13,04.

Fora do índice, Telebrás volta a chamar compradores e dispara 24,17%, a R$ 2,26, com mais de R$ 70 milhões em volume. Alta expressiva também para Tectoy PN, que subia 30%, a R$ 0,13%. Hoje, foi cancelado o registro das ações ON e PN da Parmalat. Seguem negociados os recibos de ações da Laep, empresa que controla a Parmalat no Brasil. O ativo ganhava 4,54%, a R$ 1,84.

(Eduardo Campos | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host