UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

17/02/2010 - 16h35

Procura de empresas por crédito cresce 11,4% em janeiro

SÃO PAULO - A demanda das empresas por crédito aumentou 11,4% no primeiro mês deste ano, na comparação com dezembro de 2009, revelou uma pesquisa da Serasa Experian.

O dado mostra a consolidação da recuperação da procura por crédito das empresas. Por conta da crise mundial, ao longo do ano passado, a demanda caiu 4,4% ante 2008.

O levantamento, que apura mensalmente a quantidade de empresas que buscaram concretizar alguma relação creditícia, seja com instituições financeiras (financiamentos) ou não financeiras (crédito mercantil), também apontou que, em relação a janeiro de 2009, o crescimento do indicador no primeiro mês do ano foi de 3,1%.

O avanço de 11,4% na comparação mensal foi liderado pela demanda por crédito 12,2% maior por parte das micro e pequenas empresas (MPEs). Segundo a Serasa, a percepção de que o acesso ao crédito está em curso de normalização somado ao processo de recomposição de estoques após as vendas de final de ano - que acarreta maior procura por capital de giro - estimularam o crescimento da procura por crédito das MPEs em janeiro.

Por outro lado, a demanda por parte das médias empresas caiu 0,4%, ao passo que a das grandes empresas registrou ligeira alta de 0,4%, na mesma base comparativa. Na análise por setores, verifica-se que o setor comercial lidera a expansão da demanda por crédito, com alta de 13,2% na comparação mensal. O motivo foram as vendas de fim de ano, que resultaram na necessidade de capital de giro. Já a expansão verificada na indústria foi de 11% e no setor de serviços, de 9,5%. Por sua vez, no confronto de janeiro deste ano e igual mês de 2010, o comércio se destaca com alta de 4,4% na demanda por crédito, ocasionada pelo crescimento do consumo privado.

No entanto, a indústria, setor que foi mais exposto ao cenário internacional, principalmente com a queda das exportações, registrou retração de 1,7%.

Por fim, na análise por regiões, o destaque ficou com o Norte, com avanço de 16,9%, enquanto a menor alta se deu no Sudeste, com 10,4%. Todas as regiões do país registraram elevação da procura por crédito de suas empresas superior a 10% no mês passado contra dezembro. Por sua vez, na comparação anual, todas as regiões apresentaram crescimento na procura por crédito de suas empresas, com destaque para o Nordeste, com um avanço de 10,1%, e para o Centro-Oeste, com alta de 5,6%. A alta menos acentuada foi verificada no Norte, com um acréscimo perto da estabilidade, de 0,2%.

(Karin Sato | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host