UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/02/2010 - 10h05

Balanços influenciam negócios nas bolsas da Europa

SÃO PAULO - As principais bolsas europeias operam em alta. Os investidores analisam o desempenho financeiro do Société Générale e Daimler, por exemplo. Os números da ABB, do setor de engenharia, impulsionavam as ações de empresas industriais. A companhia, cujas ações há pouco avançavam cerca de 5%, relatou nesta quinta-feira que o lucro líquido do quarto trimestre de 2009 mais que dobrou, somando US$ 540 milhões contra um ganho de US$ 213 milhões em igual período de 2008. O resultado superou a estimativa de alguns analistas, que esperavam que a ABB tivesse lucro de US$ 519 milhões.

Instantes atrás, o londrino FTSE-100 registrava ganho de 0,53%, aos 5.304 pontos, e o CAC-40, de Paris, registrava alta 0,30%, para 3.736 pontos. Por fim, o DAX, de Frankfurt tinha um acréscimo de 0,32%, aos 5.666 pontos. Se os resultados da ABB levaram otimismo às praças europeias, o mesmo não pode ser creditado à Daimler, que terminou o ano de 2009 com prejuízo líquido de 2,664 bilhões de euros, invertendo a direção tomada nos 12 meses anteriores.

Somente no quarto trimestre de 2009, houve prejuízo líquido de 352 milhões de euros, contrariando as expectativas de alguns analistas, que previam lucro. Após a divulgação dessas cifras, as ações da companhia declinaram mais de 5%.

Já os papéis do Société Générale caíam cerca de 5% há minutos. O banco registrou lucro de 221 milhões de euros no quarto trimestre do ano passado, um avanço perante os 87 milhões obtidos em igual período do ano anterior, mas uma queda com relação ao lucro líquido do terceiro trimestre, de 426 milhões de euros.

(Karin Sato | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host