UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/02/2010 - 09h02

Bolsas da Europa oscilam; Londres cai 0,63%

SÃO PAULO - O último pregão desta semana está sendo marcado pela volatilidade nas bolsas da Europa. O mercado acompanha as manifestações no Oriente Médio e no norte da África e avalia os resultados apresentados pelas empresas no final de 2010.
Há pouco, o FTSE 100, da bolsa de Londres, contabilizava desvalorização de 0,63%, aos 6.050,30 pontos, puxado por bancos e mineradoras. As ações da Anglo American caíam 2,95%, seguidas pelas da Xstrata (-2,33%), da Rio Tinto (-2,15%) e da BHP Billiton (-2,50%).
No setor bancário, os papéis do Barclays tinham retração de 1,45%, enquanto as quedas nas ações do HSBC, do Lloyds e do Royal Bank of Scotland eram de 1,12%, 0,92% e 0,27%, respectivamente.
Em Paris, o CAC 40 recuava 0,19%, para 4.143,80 pontos, apesar do salto de 4,92% nas ações da fabricante de materiais de construção Lafarge. Juntamente com seu balanço, a empresa anunciou que vai formar uma joint venture com a Anglo American no Reino Unido para impulsionar os negócios no país.
Na bolsa de Frankfurt, as montadoras levam o índice DAX ao vermelho. O indicador caía, minutos atrás, 0,25%, para 7.386,80 pontos. Os papéis da BMW baixavam 1,25%, enquanto os da Volkswagen e da Daimler cediam 1,13% e 0,47%, respectivamente.
Em Madri e em Milão os negócios também operavam no vermelho, influenciados pelos bancos. O Ibex 35 recuava 1,08%, para 10.993,50 pontos, com as ações do Santander caindo 2,01% e as do BBVA, 1,90%. O FTSE MIB, por sua vez, tinha desvalorização de 0,80%, aos 22.993,00 pontos.
(Francine De Lorenzo | Valor, com agências internacionais)
Hospedagem: UOL Host