UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/02/2010 - 12h35

Juros futuros mostram pouca oscilação no fechamento da semana

SÃO PAULO - Depois do firme ajuste de queda que norteou o mercado de juros futuros nesta semana, a jornada desta sexta-feira é de pouca variação dos contratos de Depósitos Interfinanceiros (DIs), que operam sem direção definida.

Na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F), há pouco, entre os DIs de prazos mais curtos, o de abril de 2011 mantinha o patamar de 11,49%, e o contrato com vencimento em julho tinha aumento de 0,01 ponto percentual, para 11,94%.
Entre os DIs de prazos mais dilatados, o do início de 2012 registrava decréscimo de 0,02 ponto, a 12,35%, o contrato de abertura de 2013 apresentava queda de 0,02 ponto, a 12,64%, o de janeiro de 2014 mantinha a taxa de 12,58%, e o do início de 2015 cedia 0,01 ponto, a 12,53%.

Além disso, os contratos de abertura de 2016 e 2017 perdiam 0,08 ponto e 0,02 ponto, respectivamente a 12,40% e 12,35%.

Nos Estados Unidos, em dia esvaziado de indicadores e que antecede o feriado na segunda-feira, os Treasuries operam em alta.

Esta sexta-feira tem uma agenda fraca de indicadores e o único destaque no Brasil recai sobre o Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), que apresentou elevação de 0,88% na segunda prévia de fevereiro, após marcar inflação de 0,63% em igual período do mês passado. O resultado veio dentro das expectativas de analistas.

Para a próxima semana, o mercado aguarda o Índice de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15) e o IGP-M de fevereiro, e a pesquisa mensal de emprego de janeiro.

(Beatriz Cutait | Valor)
Hospedagem: UOL Host