UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/02/2010 - 14h49

Dólar segue em alta, mas longe das máximas do dia

SÃO PAULO - O dólar comercial segue operando em alta, mas o ímpeto comprador perde força e a moeda opera longe das máximas do dia.

Por volta das 15 horas, a moeda americana se valorizava 0,18%, a R$ 1,666, depois de fazer mínima a R$ 1,661 e máxima de R$ 1,671. Ontem, o dólar fechou a R$ 1,663.

Na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), o dólar para março apontava alta de 0,21%, a R$ 1,668, depois de subir a R$ 1,673.
Depois de adotar uma postura menos invasiva ontem, o Banco Central (BC) voltou com tudo nas suas atuações no mercado de câmbio. Por volta das 11 horas, a autoridade monetária tomou dólares a termo e minutos depois lançou uma oferta de swap cambial reverso (operação que equivale à compra de dólares futuros), que movimentou US$ 1,47 bilhão.

Fica a expectativa, agora, quanto à atuação no mercado à vista, que não foi realizada entre 12 horas e 13 horas. Vale lembrar que ontem, o BC tinha feito apenas um leilão de compra à vista no período da tarde.
No câmbio externo o movimento vendedor de dólar se acentua. O Dollar Index, que mede o desempenho da divisa americana ante uma cesta de moedas, perdia 0,40%, a 77,68 pontos. Enquanto o euro subia 0,46%, a US$ 1,367.

(Eduardo Campos | Valor)
Hospedagem: UOL Host