UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/02/2010 - 11h33

Bovespa cai 2% e volta para os 64 mil pontos; dólar sobe a R$ 1,840

SÃO PAULO - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) começou o pregão sob forte pressão vendedora e, em poucos minutos, já operava abaixo dos 65 mil pontos. Por volta das 11h30, o Ibovespa registrava queda de 2%, a 64.478 pontos, com giro de R$ 528 milhões.

Dia de perdas também em Wall Street, onde o Dow Jones começou o dia com baixa de 1,32%, enquanto o Nasdaq recuava 1,37%. Os dados do dia não agradaram muito. A demanda por seguro-desemprego nos EUA subiu em 22 mil na semana passada, para 496 mil. Já as encomendas por bens duráveis subiram 3% em janeiro, mas, descontando os equipamentos de transporte, o resultado fica negativo em 0,6%.

No mercado de câmbio, a demanda por dólares sobe, ilustrando o aumento na aversão ao risco. Há pouco, o dólar comercial marcava alta de 0,76%, a R$ 1,840 na venda. Vale lembrar que na segunda-feira a divisa chegou a valer menos de R$ 1,80.

De volta à Bovespa, apenas 1 dos 63 ativos listados registrava variação positiva. Metalúrgica Gerdau ON subia 0,28%, a R$ 34,54. Já Gerdau PN tinha baixa de 0,19%, a R$ 25,06. A siderúrgica lucrou R$ 643 milhões no quarto trimestre, leve queda de 1,8% sobre o registrado no terceiro trimestre. Em 2009, o lucro foi de R$ 1 bilhão, cinco vezes menor que os R$ 4,94 bilhões obtidos em 2008.

Entre os carros-chefe, Vale PNA liderava as vendas, recuando 1,98%, a R$ 43,35. Petrobras PN caía 1,67%, a R$ 33,37, mesmo depois de anunciar a descoberta de duas novas acumulações de óleo em reservatórios da Bacia de Campos, que têm potencial recuperável de 65 milhões de barris. Também no setor, a OGX Petróleo ON desvalorizava 1,77%, a R$ 16,02.

Depois de cair mais de 5% ontem, em função de fraco resultado trimestral, o papel ON da BM & FBovespa perdia outros 2,82%, a R$ 11,36.

Entre os bancos, a ação ON do Banco do Brasil caía 2,29%, a R$ 29,75. A estatal encerrou 2009 com lucro líquido de R$ 10,148 bilhões, alta de 15,3% sobre o registrado em 2008. Apenas no quarto trimestre o banco embolsou R$ 4,15 bilhões cifra 41,1% maior em relação aos R$ 2,944 bilhões obtidos um ano antes.

Usiminas PNA perdia 0,29%, a R$ 47,16. O lucro líquido da empresa foi de R$ 633 milhões registrados no trimestre, queda de 32% no comparativo anual. A companhia também anunciou a compra de participação em duas empresas que atuam no segmento de estruturas de aço e telhas metálicas. E acenou com a separação e criação de nova empresa para deter os negócios relacionados à exploração de minério de ferro e atividades de logística.

Fora do índice, o papel PN da Marcopolo 1,01%, a R$ 7,82. A fabricante de ônibus e carrocerias teve lucro líquido de R$ 136,5 milhões em 2009, alta de 1,6% sobre 2008.

(Eduardo Campos | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host