UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/02/2010 - 16h43

Bovespa reverte e sobe 0,28%; Usiminas avança 4,96%

SÃO PAULO - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) ignora a instabilidade externa e passa a operar em alta nesta quinta-feira. Depois de cair mais de 2% durante a manhã, por volta das 16h50, o Ibovespa registrava alta de 0,28%, a 65.978 pontos, com giro de R$ 4,80 bilhões.

A retomada é liderada pelas siderúrgicas, que atraem compradores em função de bons resultados trimestrais. Usiminas PNA subia 4,96%, a R$ 49,65, depois de um breve momento de baixa. O lucro líquido da empresa foi de R$ 633 milhões registrados no trimestre, queda de 32% no comparativo anual. A companhia também anunciou a compra de participação em duas empresas que atuam no segmento de estruturas de aço e telhas metálicas. E acenou com a separação e criação de nova empresa para deter os negócios relacionados à exploração de minério de ferro e atividades de logística.

Já a ação PN da Gerdau, se valorizava 3,54%, a R$ 26,00. A siderúrgica lucrou R$ 643 milhões no quarto trimestre, leve queda de 1,8% sobre o registrado no terceiro trimestre. Em 2009, o lucro foi de R$ 1 bilhão, cinco vezes menor que os R$ 4,94 bilhões obtidos em 2008.

As ações PN da Petrobras mudaram de direção e agora avançavam 0,88%, a R$ 34,24. A estatal fez novas descobertas na Bacia de Campos e postergou a divulgação de seu balanço trimestral, previsto para amanhã.

Os papéis da Vale também trocaram de sinal, e ganhavam 0,22%, a R$ 44,33. E entre os bancos, Itaú Unibanco PN aumentava 1,01%, a R$ 35,97. Já o papel ON do Banco do Brasil caía 2,23%, a R$ 29,77. A estatal encerrou 2009 com lucro líquido de R$ 10,148 bilhões, alta de 15,3% sobre o registrado em 2008. Apenas no quarto trimestre o banco embolsou R$ 4,15 bilhões cifra 41,1% maior em relação aos R$ 2,944 bilhões obtidos um ano antes. Segundo a Ativa Corretora, o resultou foi neutro, já que os números do trimestre vieram em linha com o consenso médio de mercado.

No mercado americano, as ordens de venda são maioria, conforme os agentes reagem a dados econômicos negativos e renovadas preocupações com a Grécia. Há pouco, o Dow Jones registrava desvalorização de 0,92%, enquanto o S & P 500 e o Nasdaq recuavam 0,69% e 0,63%, respectivamente.

(Eduardo Campos | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host