UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/02/2010 - 08h58

IGP-M sobe 1,18% em fevereiro e tem alta de 1,82% no 1º bimestre

SÃO PAULO - O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) avançou 1,18% em fevereiro, seguindo elevação de 0,63% um mês antes, mostrou a Fundação Getulio Vargas (FGV) em nota distribuída nesta quinta-feira. Influenciou nesta aceleração o aumento mais marcado nos preços no atacado.

Agentes consultados pelo Banco Central (BC) no último Boletim Focus previam alta de 0,80% para o IGP-M em fevereiro. Nos dois primeiros meses de 2009, o indicador acumulou aumento de 1,82%. Em 12 meses, houve acréscimo de 0,24%.

O levantamento da FGV mostrou que o Índice de Preços por Atacado (IPA), com peso de 60% no IGP-M, teve expansão de 1,42% neste mês, acima da leitura do começo de 2010, de 0,51%. Os produtos agropecuários deixaram uma queda de 0,11% em janeiro para um avanço de 0,64% em fevereiro. Os produtos industriais subiram mais, indo de 0,71% para 1,67%.

Dentro do IPA, os Bens Finais tiveram ampliação de 1,82%, os Bens Intermediários aumentaram 1,70% e as Matérias-Primas Brutas expandiram-se 0,37%, invertendo a direção tomada em janeiro (-0,06%).

Respondendo por 30% do IGP-M, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) caiu para 0,88% em fevereiro, depois de registrar 1% no mês passado. Entre as classes de despesas com ritmo de avanço menor, apareceram Alimentação e Educação, leitura e recreação, com alta de 1,23% e 0,87%, respectivamente. Em janeiro, esses grupos expandiram-se 1,42% e 1,96%. Vestuário saiu de aumento de 0,44% para baixa de 0,40%. Transportes, contudo, tiveram incremento de 2,65%, após os 2,29% da abertura do ano.

O Índice Nacional de Construção Civil (INCC), que representa 10% do indicador geral, partiu de 0,52% em janeiro para 0,35% neste mês. Materiais, equipamentos e serviços subiram 0,47% e Mão de Obra teve elevação de 0,22%.

(Juliana Cardoso | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host