UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/02/2010 - 07h49

Investidores aguardam hoje desemprego e IGP-M

SÃO PAULO - Os eventos internos são destaque na agenda de indicadores desta quinta-feira. Os agentes conhecem o índice de desemprego em janeiro e a leitura final da inflação no atacado agora em fevereiro. Os investidores também reagem à decisão do Banco Central (BC) de reverter algumas regras do depósito compulsório, mudadas durante a crise.

Por volta das 9 horas, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra a taxa de desemprego. A previsão é de alta de 6,8% para 7,6%. Antes disso, a Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulga o Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) de fevereiro, que deve apontar alta de 1,10%, pelas estimativas do mercado.

A agenda doméstica ainda tem a nota de política fiscal e a Fiesp mostra o Indicador de Nível de Atividade (INA), referente ao comportamento da indústria no mês de janeiro.

Nos Estados Unidos, o presidente do Federal Reserve (Fed), banco central americano, Ben Bernanke, faz novo pronunciamento ao Congresso. Ontem, Bernanke indicou que as baixas taxas de juros ainda são necessárias para garantir a recuperação da economia.

Na agenda de indicadores nos EUA, atenção às encomendas por bens duráveis e os pedidos por seguro-desemprego.

No campo corporativo são aguardados os resultados do Banco do Brasil (BB), Gerdau, Klabin, Marcopolo, PanAmericano, SulAmérica, Tivit e Usiminas.

A semana acaba com a nova preliminar o Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA, confiança do americano e atividade na região de Chicago.

(Eduardo Campos | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host