UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/02/2010 - 07h51

Desempenho da economia dos EUA fecha a semana

SÃO PAULO - Os eventos externos encerram a semana e o mês de fevereiro nesta sexta-feira. O destaque fica com a nova preliminar do Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos no quarto trimestre. A previsão sugere expansão de 5,6%, contra 5,7%.

A agenda americana também reserva uma nova leitura da confiança do consumidor em fevereiro. Os dados calculados pela Universidade de Michigan devem mostrar leve alta, de 93,7 para 93,9. Vale lembrar que, na terça-feira, o índice do Conference Board surpreendeu ao cair 11 pontos, para 46.

Também serão conhecidos hoje o índice de atividade na região de Chicago e a venda imóveis usados em janeiro. Na quarta-feira, os dados sobre a comercialização de casas novas nos EUA contrariou as expectativas ao mostrar queda 11,2% no mês passado, para 309 mil unidades na taxa anualizada.

Por aqui, a agenda reserva apenas a sondagem da indústria feita pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). No front corporativo atenção aos resultados da BRF Foods, Fibria e Metalfrio. A Petrobras, que apresentaria resultado hoje, postergou a divulgação, mas ainda não definiu nova data.

O mês de março reserva reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) e do Federal Reserve (Fed), banco central americano. Na primeira semana, merecem atenção o IPCA de fevereiro e a pesquisa industrial mensal. Nos EUA, o foco recai no relatório sobre o mercado de trabalho. Na Europa, os agentes conhecem a decisão de juros do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco da Inglaterra (BoE).

A agenda de balanços continua carregada. Ao longo da semana, saem os resultados da CPFL, Even, Iochpe Maxion, Pine, Minerva, Globex, Drogasil, Energias do Brasil, Fras-Le, Itaúsa, Magnesita, Pão de Açúcar, Braskem, Localiza, SLC Agrícola, Suzano Papel, AmBev, Hering, Lopes, Multiplan, OHL Brasil, Randon e OHL.

(Eduardo Campos | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host