UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/02/2010 - 11h49

Dólar mantém trajetória de queda após nova prévia do PIB americano

SÃO PAULO - Uma revisão para cima do desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) americano, conforme divulgado nesta manhã, está favorecendo o movimento dos mercados acionários e refletindo diretamente na trajetória do câmbio.

Segundo o Departamento do Comércio dos Estados Unidos, o PIB do país registrou expansão a uma taxa anualizada de 5,9% entre outubro e dezembro do ano passado, ante prévia anterior que indicava crescimento de 5,7% no período. Entre julho e setembro de 2009, a economia americana avançou 2,2%.

"Percebemos uma mudança no quadro. O resultado do PIB está influenciando os mercados, as bolsas estão subindo e beneficiando o câmbio. Notamos menor saída do investidor, mas não tanta entrada", comentou o operador da Dascam Corretora de Câmbio, Gilmar de Lima Carvalho.

Em baixa ao longo de toda manhã, o dólar comercial operava, há pouco, com recuo de 0,65%, cotado a R$ 1,817 na compra e a R$ 1,819 na venda. Na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM & F), a moeda futuro com vencimento em março cedia 0,32%, a R$ 1,8175.

O movimento nos negócios desta sexta-feira ainda repercute a formação da Ptax, com a liquidação do contrato do dólar março no último dia útil do mês.

Na Europa, foram divulgadas notícias mais tranquilizadoras para o mercado. A Comissão Europeia aprovou o plano da Irlanda de criação de um banco especial administrado pelo Estado que irá absorver 77 bilhões de euros (US$ 105 bilhões) dos empréstimos mais arriscados dos bancos irlandeses.

O comissário europeu Joaquín Almunia disse que o plano ajudará o mercado financeiro da Irlanda a voltar à normalidade. O euro registrava alta em relação ao dólar nos negócios desta sexta-feira.

(Beatriz Cutait | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host