UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/02/2010 - 20h52

Fannie Mae perde US$ 15,2 bi no trimestre e pede nova ajuda do Tesouro

SÃO PAULO - A Fannie Mae, empresa que financia hipotecas nos Estados Unidos, reportou um prejuízo líquido de US$ 15,2 bilhões no quarto trimestre de 2009, o que corresponde a uma redução de 40% em relação à perda de US$ 25,2 bilhões de igual trimestre de 2008. Na comparação com o terceiro trimestre, quando o prejuízo somou US$ 18,9 bilhões, a melhora foi de 20%. No acumulado de 2009, o prejuízo alcançou US$ 72 bilhões, ante uma perda de US$ 58,7 bilhões em 2008.

A receita líquida cresceu 2,3% no quarto trimestre em relação ao mesmo período de 2008, para US$ 5,76 bilhões. No ano, a receita aumentou 29%, para US$ 22,49 bilhões.

As provisões para perdas com financiamentos somaram US$ 11,9 bilhões, 46% menores que no terceiro trimestre e 0,8% inferior ao do quarto trimestre de 2008. A taxa de inadimplência para empréstimos com pelo menos três meses de atraso avançou para 5,38% no final do quarto trimestre, contra 4,72% no trimestre anterior e 2,42% um ano antes. Em função do novo déficit nas contas da Fannie Mae, a Agência Federal de Financiamento de Imóveis solicitou ontem ao Tesouro americano mais um aporte na companhia, de US$ 15,3 bilhões, até 31 de março. Com isso, o volume de recursos recebidos do governo pela empresa desde o estouro da crise mundial chegará a US$ 76,2 bilhões.

(Téo Takar | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host