UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/02/2010 - 19h34

Hillary Clinton vem ao Brasil para tratar do programa nuclear iraniano

SÃO PAULO - A secretária de Estado dos Estados Unidos, Hillary Clinton, desembarca no Brasil na próxima quarta-feira. Durante sua passagem pelo país, ela se encontrará com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva para tratar, entre outros temas, do programa nuclear do Irã.

Na pauta da visita, também deve constar a possibilidade de um acordo para tentar evitar uma retaliação comercial contra os EUA por conta dos subsídios concedidos pelo governo norte-americano aos produtores de algodão.

Os EUA, no entanto, estão particularmente preocupados com a aproximação do Brasil e outros países da América Latina com Teerã num momento em que estudam junto com os demais membros permanentes do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) a hipótese impor novas sanções aos iranianos. A visita de Hillary à América Latina, portanto, pode ser encarada como uma tentativa da diplomacia norte-americana de esvaziar os esforços do presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, em busca de apoio ao programa nuclear do Irã. Americanos e europeus temem que o Teerã esteja enriquecendo urânio com o objetivo de produzir armas nucleares.

Em 2009, Ahmadinejad esteve no Brasil, na Bolívia e na Venezuela. Por isso, antes de chegar em Brasília, Hillary vai à Montevidéu para acompanhar a posse do novo presidente eleito do Uruguai, José Mujica. Dali, ela seguirá para Santiago, no Chile, para um encontro com a atual presidente, Michelle Bachelet, e com o presidente eleito, Sebastián Piñera.

Depois de passar pelo Brasil, Hillary irá à Costa Rica, onde se reunirá com o presidente Oscar Arias e com a presidente eleita Laura Chinchilla. Na Guatemala, a secretária de Estado dos EUA conversará com o presidente Álvaro Colom. (Fernando Taquari | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host