UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/03/2010 - 20h36

Aécio volta a rejeitar possibilidade de ser o vice em chapa com Serra

SÃO PAULO - O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), voltou a rejeitar a hipótese de ser o candidato a vice-presidente nas eleições de outubro em uma possível chapa encabeçada pelo governador paulista, José Serra (PSDB).

"Sou mestiço. Como vou participar de uma chapa puro sangue?", indagou Aécio. Segundo ele, o partido deveria ouvir outros aliados para definir a composição da chapa. Apesar disso, disse que o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) seria um bom nome para ocupar o cargo, sobretudo pela "presença forte no Nordeste". A oposição tenta convencer Aécio a entrar na corrida ao Palácio do Planalto como vice-presidente para impulsionar a candidatura de Serra. A pressão deve crescer após pesquisa Datafolha apontar um aumento nas intenções de voto na pré-candidata do PT, a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, ao mesmo tempo em que o tucano teve uma queda nas preferências do eleitorado. Aécio disse que não teme ser responsabilizado por uma eventual derrota do PSDB nas eleições presidenciais e acrescentou que Serra não cogita a possibilidade de desistir da disputa por causa da pesquisa divulgada no fim de semana. "Nós estamos ainda a um longo período das eleições. Existem momentos e momentos numa caminhada eleitoral. O nosso companheiro, governador José Serra, tem todas as condições de enfrentar adequadamente essa disputa", destacou o governador mineiro, que mais uma vez manifestou o desejo de concorrer ao Senado.

(Fernando Taquari | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host