UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/03/2010 - 13h02

Atividade manufatureira da zona do euro avança em fevereiro

SÃO PAULO - A atividade da indústria de transformação da zona do euro demonstra recuperação. Em fevereiro, o Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) do setor avançou para 54,2 pontos, contra os 52,4 registrados em janeiro. Os dados foram divulgados hoje pela empresa de pesquisas Markit Economics.
Trata-se da leitura mais alta desde agosto de 2007. Além disso, é o quinto mês consecutivo que o indicador ficou acima dos 50. Pela metodologia do Markit, leituras acima de 50 sinalizam expansão e, abaixo disso, contração da atividade.
Para medir a atividade, a pesquisa envolve a apuração dos novos pedidos, da produção, emprego, estoques, compras e prazos de entrega dos fornecedores no setor.

O levantamento, no entanto, revela uma grande disparidade entre os países analisados. Por exemplo, enquanto a Alemanha registrou o crescimento mais acentuado de produção, o cenário de atividade contraída permanece na Grécia, na Espanha e na Irlanda. Segundo a pesquisa, nestes dois últimos, as taxas de contração desaceleraram com relação a janeiro, ao passo que, na Grécia, a produção teve sua queda mais acentuada desde abril.
" Preocupantes disparidades nacionais persistem, destacando as diferenças em termos de competitividade. Os PMIs de Espanha, Irlanda e Grécia permanecem em território de contração, com a Grécia observando um preocupante aumento na taxa de deterioração. Também foi o único país a sofrer queda nas exportações " , disse em nota o economista-chefe do Markit, Chris Williamson.

(Karin Sato | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host