UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/03/2010 - 16h45

Dólar fecha praticamente estável, a R$ 1,664

SÃO PAULO - Passada a agitação que o fim de mês traz ao mercado de câmbio, março começou com um pregão morno. O dólar comercial oscilou apenas R$ 0,004 entre máxima e mínima até fechar o dia com leve alta de 0,06%, a R$ 1,664. O giro estimado para o interbancário ficou em US$ 2,1 bilhões.

Na roda de pronto da Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F) o dólar pronto ganhou 0,10%, e fechou a R$ 1,6631. O volume subiu de US$ 109,75 para US$ 177 milhões.

Também na BM&F, o dólar para abril apontava baixa de 0,08%, a R$ 1,6725, antes do ajuste final de posições.

O operador de derivativos da Hencorp Commcor Corretora, Victor Asdourian, não vislumbra grande alteração no mercado de câmbio local.
O pano de fundo continua sendo formado por duas forças antagônicas que mantêm o preço da moeda oscilando ao redor de R$ 1,66/R$1,67.

De um lado está o fluxo externo, que vem buscar rendimentos no país. Do outro, está o Banco Central (BC) que luta para evitar uma queda do dólar lançando mão de compras à vista, a termo e via swap reverso.

Segundo o especialista, não se pode falar que o BC não obtenha sucesso com suas intervenções, pois o preço o dólar certamente seria menor sem a presença da autoridade monetária no mercado.

Ainda de acordo com Asdouriam, a tomada de novas medidas para conter o viés de apreciação do real pode ser descartada se a cotação da moeda não subir.

(Eduardo Campos | Valor)
Hospedagem: UOL Host