UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/03/2010 - 19h31

Lucro da Iochpe-Maxion cai 74,2% em 2009, para R$ 55,1 milhões

RIO - A fabricante de peças para os setores automotivo e ferroviário Iochpe-Maxion fechou o quarto trimestre do ano passado com lucro líquido de 42,097 milhões, um crescimento de 760,6% em relação aos R$ 4,892 milhões do quarto trimestre de 2008. Na comparação entre os anos fechados, entretanto, houve queda de 74,2% no lucro, que passou de R$ 214,094 milhões em 2008 para R$ 55,133 milhões no ano passado.

De acordo com a companhia, a queda no resultado anual foi influenciada pelo ganho não recorrente, em 2008, de R$ 76 milhões, fruto da incorporação da subsidiária Maxion Sistemas Automotivos. Sem esse ganho, o lucro líquido em 2009 teria caído 60,1%.

Além disso, a companhia ressaltou que os números do ano passado sofreram o impacto da redução da produção brasileira de caminhões, ônibus e máquinas agrícolas, pela redução da demanda doméstica por vagões ferroviários e pela retração das exportações.

Em relação ao aumento do ganho no quarto trimestre, a empresa ressaltou que o resultado foi favorecido em R$ 6,6 milhões pelo ingresso no Programa de Parcelamento de Débitos da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional e Secretaria da Receita Federal (Crédito Prêmio de IPI) e pelo reconhecimento de imposto de renda diferido no valor consolidado de R$ 17,6 milhões relativo ao prejuízo fiscal incorrido pela controlada Amsted-Maxion em 2009.

A receita operacional líquida da companhia no quarto trimestre atingiu R$ 438,418 milhões, uma queda de 5,1% em relação aos R$ 462,013 milhões dos três últimos meses de 2008. No ano, a receita líquida caiu 27,9%, passando e R$ 1,827 bilhão em 2008 para R$ 1,317 bilhão no ano passado.

Já o lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) entre outubro e dezembro do ano passado foi de R$ 61,536 milhões, 33,7% maior que os R$ 46,024 milhões de um ano antes. Em 2009, o Ebitda da Iochpe-Maxion ficou em R$ 139,864 milhões, 47,8% menor que os R$ 267,727 milhões de 2008.

(Rafael Rosas | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host