UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

04/03/2010 - 18h07

AmBev paga R$ 439 milhões em bônus

SÃO PAULO - A provisão para bônus da AmBev no ano passado somou R$ 439 milhões, que serão pagos ao longo deste ano, contra um total de R$ 60 milhões de 2008, segundo afirmação do diretor financeiro e de Relações com Investidores Nelson Jamel. Segundo ele, o motivo do aumento substancial é que a operação da companhia no Brasil não foi contemplada com bônus em 2008. Segundo informação da assessoria de imprensa, os R$ 60 milhões se referem às operações que a empresa mantém em 14 países das Américas. De acordo com o diretor financeiro, os R$ 439 milhões se referem a um total de 20 mil funcionários que têm acesso à remuneração variável, em um universo de 25 mil empregados no Brasil e 36 mil em toda a companhia, e inclui " pagamentos efetivamente em dinheiro e em ações " . Indagado sobre a quantidade de executivos beneficiados, ele respondeu que essa informação somente será aberta em maio, por conta da instrução 480, da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Essa instrução exige que as empresas divulguem, dentro da diretoria e do conselho, o valor da maior remuneração individual, da menor e também o valor médio pago em cada um desses órgãos. No caso das empresas de capital aberto, também é necessário detalhar o quanto do pagamento é salário fixo ou variável.

Em balanço, a companhia informou que a remuneração variável pesou sobre as despesas gerais, administrativas e com vendas, que, em todo o ano, cresceram organicamente 17,4%, excluindo depreciação e amortização. Apenas no quarto trimestre, o crescimento foi de 30,1%. (Karin Sato | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host