UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

04/03/2010 - 19h12

Câmara do DF aprova pedido de impeachment contra Arruda

SÃO PAULO - A Câmara Legislativa do Distrito Federal aprovou por unanimidade o prosseguimento do processo de impeachment contra o governador licenciado José Roberto Arruda (sem partido).

Agora, Arruda será notificado e terá 20 dias para apresentar sua defesa. Quando este prazo expirar, ocorre nova votação. Se permanecer o desejo pelo impeachment, Arruda será afastado por 120 dias.

Neste período, começa o processo de cassação, que será analisado por cinco deputados distritais e cinco desembargadores do Tribunal de Justiça do Distrito Federal. Arruda está preso na Polícia Federal desde o dia 11 de fevereiro, acusado de tentar subornar uma testemunha do caso conhecido como "mensalão do DEM", que tinha como base o pagamento de propina para parlamentares distritais em troca de apoio político. O Supremo Tribunal Federal (STF) começou, no final da tarde, a julgar o pedido de habeas corpus impetrado pela defesa de Arruda.

(Fernando Taquari | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host