UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

04/03/2010 - 16h25

Estimativas apontam alta de até 80% no preço do minério de ferro

SÃO PAULO - Depois de algumas semanas fora do radar, o reajuste no preço dos contratos de longo prazo para o minério de ferro voltaram a correr no noticiário internacional. O curioso é que as partes interessadas em pagar menos pela matéria-prima é que estão incendiando o debate.

As notícias de que vêm da Ásia, segundo entrevista de um diretor da siderúrgica AcellorMittal, é que as discussões envolvem uma alta de 70% a 80% no preço do minério.

Na terça-feira, analistas do Nomura Holding divulgaram previsão de alta de 70%, enquanto o Morgan Stanley estima reajuste de 60%.

Em relatório, a Banif Securities se disse mais otimista com relação ao preço da matéria-prima, mas trabalha com alta de 46% em 2010.

As apostas quanto ao tamanho do reajuste acompanham o preço do minério no mercado à vista (spot), que durante esta semana voltou fazer máximas em mais de um ano, na casa dos US$ 130 por tonelada.

O jornal China Daily publicou matéria hoje, sem identificar a fonte, dando conta de que a Vale, a Rio Tinto e a BHP Billiton negociam um reajuste de 50% sobre o preço de 2009.

(Eduardo Campos | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host