UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

04/03/2010 - 10h15

Índice futuro sugere abertura em alta na Bovespa

SÃO PAULO - O pregão de quinta-feira deve começar com leve viés de alta na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). A indicação é dada pelo mercado futuro, onde o Ibovespa com vencimento em abril subia 0,52%, a 68.580 pontos.

No mercado americano, os futuros ainda não ganharam direção, conforme os investidores aguardam as encomendas à indústria, vendas pendentes de casas, produtividade do trabalhador e novos pedidos por seguro-desemprego.

Na Europa, o Banco da Inglaterra manteve a taxa básica de juros estável em 0,5% ao ano, conforme o esperado. O Banco Central Europeu (BCE) também manteve a taxa básica em 1% ao ano. Nas bolsas europeias, o FTSE-100, de Londres, apontava baixa de 0,12%, enquanto o Xetra-DAX, de Frankfurt, se desvalorizava 0,26%.

Na Ásia, o dia foi de perda para a maioria dos mercados. Tóquio e Seul caíram 1,05% e 0,26%, respectivamente. Já na China, Xangai recuou 2,38%, enquanto Hong Kong cedeu 1,44%. A cautela ditou o rumo dos negócios antes da reunião anual do Congresso Popular chinês. Os agentes temem o anúncio de novas medidas de restrição monetária.

No câmbio, ainda não há consenso sobre que rumo tomar. O dólar começou o dia com leve alta, mas, há pouco, marcava queda de 0,11%, a R$ 1,788 na venda.

Acompanhando a instabilidade externa, a Bovespa terminou a quarta-feira em baixa, encerrando uma sequência de quatro dias seguidos de valorização. O Ibovespa chegou a operar acima dos 68 mil pontos, mas não superou essa barreira técnica. Ao final da jornada o indicador apontava desvalorização de 0,20%, aos 67.641 pontos. O giro ficou em R$ 7,53 bilhões.

Em Wall Street, o Dow Jones caiu 0,09%, o S & P 500 subiu 0,04% e o Nasdaq fechou estável.

(Eduardo Campos | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host