UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

04/03/2010 - 10h00

Lucro da Randon cai 40% em 2009 e fica em R$ 139 milhões

SÃO PAULO - A Randon, controladora de oito empresas que atuam nos segmentos de veículos, autopeças e serviços, encerrou 2009 com lucro líquido consolidado de R$ 138,95 milhões, o que representou diminuição de 39,9% ante o total apurado em 2008 (R$ 231,11 milhões). Apenas no quarto trimestre do ano passado, a companhia lucrou R$ 40,74 milhões, volume 16,4% inferior ao do mesmo período de um ano antes (R$ 48,75 milhões).

A receita líquida consolidada da empresa totalizou R$ 2,47 bilhões no último ano, baixa de 19,3% sobre 2008 (R$ 3,06 bilhões). Na comparação trimestral, a receita caiu 1,8%, ao passar de R$ 729,9 milhões para R$ 716,9 milhões.

"A crise provocou uma redução forte da demanda, cancelamentos de ordens de produção e paralisação dos mercados externos. Estes eventos foram potencializados pela escassez de crédito e a falta de confiança. O somatório deste cenário desenhou um início de ano bastante difícil para a companhia, sem precedentes nos últimos anos. E, embora o ano tenha sido em sua maior parte desafiador, a postura proativa diante das incertezas permitiu um desempenho satisfatório no fechamento do ciclo", ressaltou a Randon no balanço.

Segundo a companhia, o quarto trimestre foi marcado por uma retomada consistente e um bom ritmo de atividade em seus negócios. "Estes eventos irão contribuir para um avanço progressivo de ganhos de receita, margens e lucratividade", pontuou.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) da empresa somou R$ 300,84 milhões em 2009, redução de 42,2% ante 2008. Em igual intervalo de comparação, a margem Ebitda diminuiu 4,8 pontos percentuais, de 17% para 12,2%.

De outubro a dezembro de 2009, a companhia apurou Ebitda de R$ 87,84 milhões, queda de 24% sobre o valor reportado nos três últimos meses de 2008. No período, a margem Ebitda caiu 3,5 pontos, para 12,3%.

Conforme já divulgado, a Randon espera receita líquida de R$ 2,8 bilhões em 2010, com investimentos de R$ 200 milhões. Neste ano, a empresa pretende exportar US$ 190 milhões e importar outros US$ 70 milhões.

(Beatriz Cutait | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host