UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/03/2010 - 15h37

Anac registra redução no índice de atrasos de voos em fevereiro

SÃO PAULO - A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que apenas 12,7% dos voos nacionais atrasaram em fevereiro, o que representa uma queda de 5,1 pontos em relação aos atrasos de janeiro.

Segundo a Anac, foi o melhor desempenho do setor desde setembro do ano passado, quando o índice de atrasos ficou em 10,2%. Em fevereiro de 2009, os atrasos haviam representado 8,6% do total de decolagens de voos nacionais e internacionais. O indicador considera como atraso os voos que saem com mais de 30 minutos além do horário previsto.

A Agência explicou que o aumento dos atrasos em relação a 2009 é consequência das fortes chuvas. O aeroporto de Congonhas, um dos mais movimentados do país, foi obrigado a fechar por alguns momentos quase todos os dias de fevereiro.

Nos voos domésticos, a empresa nacional mais pontual no mês passado foi a OceanAir, com 5,0% de atrasos, seguida pela Azul (5,2%), Webjet (10,8%) e Gol/Varig (12,4%). A TAM melhorou seu desempenho e reduziu o índice de atrasos de 23,9% em janeiro para 14,6% em fevereiro, mas ainda assim foi a pior entre as maiores companhias nacionais no quesito pontualidade.

Entre as menores, a Pantanal, que foi comprada recentemente pela TAM, voltou a apresentar grande volume de atrasos, com 22,0% das decolagens fora do horário, praticamente o mesmo índice de janeiro (21,9%).

Nos voos internacionais, a alemã Lufthansa foi a mais pontual, com apenas 4,4% de atrasos, seguida pela Copa (7,5%) e United Airlines (7,7%). As mais atrasadas foram a TAM Mercosur (46,5%), TAM (31,1%) e Aerolíneas Argentinas (24,8%). A Anac explica que, assim como ocorreu em janeiro, nevascas na Europa e América do Norte na primeira quinzena de fevereiro afetaram a pontualidade das empresas que voam para esses continentes.

(Téo Takar | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host