UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/03/2010 - 20h19

Arruda se nega a receber notificação sobre impeachment

BRASÍLIA - O governador licenciado do Distrito Federal, José Roberto Arruda, se recusou a receber o documento com a notificação da abertura do processo de impeachment na Câmara Legislativa. O documento foi levado à sede da Polícia Federal, onde Arruda está preso desde o dia 11 de fevereiro, pelo primeiro-secretário da Câmara do DF, Batista das Cooperativas.

De acordo com o advogado de Arruda, Nélio Machado, o governador licenciado explicitou os motivos para não receber o documento em uma carta de próprio punho. A carta, segundo Machado, é uma espécie de "protesto pelo fato de que ele (Arruda) não teve acesso a todos os documentos que deveriam ser apresentados".

Segundo o advogado, Arruda irá apresentar sua defesa quando receber a notificação na íntegra. "O próprio procurador jurídico (da Câmara Legislativa do DF, Fernando Nazaré) reconheceu que aquela documentação não reflete na sua integralidade o que consta no inquérito 650. Ele (Arruda) não quer fazer meia defesa. Ele quer fazer defesa plena", disse Machado.

O advogado criticou as condições às quais o governador licenciado está submetido. Machado disse que o contato entre o advogado e o cliente deve ser reservado, mas que hoje teve de pedir para que a porta fosse encostada. Ele criticou ainda o fato de Arruda estar impedido de ver sua filha. "Ele não está em prisão compatível com a condição de governador de Estado", disse.

(Agência Brasil)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host