UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/03/2010 - 11h49

Hypermarcas acerta compra de fabricante de fraldas

SÃO PAULO - A Hypermarcas, empresa que está com uma oferta de ações de cerca de R$ 1 bilhão em andamento, foi mais uma vez às compras. A companhia estabeleceu um memorando de entendimento para adquirir 100% do capital social da fabricante de fraldas Sapeka, detentora das marcas Sapeka, Fluffy, Maturidade, Única e Leve.

O valor da aquisição pode atingir cerca de R$ 368 milhões em dinheiro e ações. Pelos termos, será efetuado um pagamento à vista de R$ 225 milhões, mais uma transferência de 6.784.922 ações da Hypermarcas e que ficarão restritas à venda por um período de até cinco anos. Tomando como base o preço de fechamento das ações no pregão de ontem na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), a fatia em ações corresponde a R$ 143 milhões.

"Adicionalmente, poderá ser feito um ajuste de preço de aproximadamente 7,3 vezes o diferencial entre o Ebitda verificado no ano de 2010 e o Ebitda de 2009, de R$ 45,3 milhões, a ser pago 40% após a apuração do resultado de 2010 e os 60% restantes em cinco parcelas iguais, anuais e consecutivas, ajustadas pela variação do CDI", informou a companhia, em comunicado enviado ao mercado.

A Hypermarcas notou que aquisição "vem de encontro com os objetivos estratégicos da companhia de aquisições de marcas e ativos no setor de produtos de higiene pessoal", complementando, assim, seus investimentos no segmento de produtos para o público infantil iniciado com a aquisição da marca Hydrogen e da Pom-Pom, em 2009.

Com a marca Sapeka, a companhia se consolida como a terceira maior empresa do segmento de fraldas infantis do Brasil e maior empresa nacional do segmento, com 10% de participação de mercado e liderança em fraldas infantis no Nordeste.

A Hypermarcas assinalou ainda que o negócio da Sapeka compreende duas unidades industriais, localizadas no Centro-Oeste e no Nordeste. Em 2009, a fabricante de fralda apresentou receita bruta de R$ 276,8 milhões e lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação (Ebitda, na sigla em inglês) de R$ 45,3 milhões, em resultado não auditado.

O fechamento da operação ainda está sujeito à conclusão de auditoria jurídica, contábil e tributária e à negociação "satisfatória" dos contratos definitivos.

(Beatriz Cutait | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host