UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/03/2010 - 07h32

IPCA e emprego nos EUA fecham a semana

SÃO PAULO - A sexta-feira reserva os indicadores mais aguardados desta primeira semana de março. Nos Estados Unidos, o foco fica nos dados sobre o mercado de trabalho em fevereiro. Por aqui, recai no Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Por volta das 9 horas, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apresenta a inflação oficial de fevereiro. As previsões sugerem alta ao redor de 0,80%. É esperada uma desaceleração no preço dos alimentos e transportes, mas o grupo Educação deve pressionar o índice. Às 10h30, o Departamento de Trabalho dos EUA apresenta quantas vagas foram perdidas no mês passado. As estimativas apresentam grande dispersão, de perda de 40 mil a 120 mil vagas. O fator climático deve influir na medição, já que o inverno é bastante rigoroso nos EUA. Para a taxa de desemprego, o consenso sugere leve alta de 9,7% para 9,8%.

Na quarta-feira, a ADP, empresa que processa folhas de pagamento, mostrou que foram perdidos 20 mil vagas no setor privado dos EUA em fevereiro. Os dados de janeiro foram revisados de uma perda de 22 mil para 60 mil.

No âmbito corporativo, JBS, Magnesita e Triunfo apresentam resultados.

Na semana que vem, o destaque fica com os eventos da agenda doméstica. Os agentes recebem o Produto Interno Bruto (PIB) no quarto trimestre e também avaliam mais uma rodada de indicadores de inflação, como IGP-M e IGP-DI.

Nos EUA, os dados mais relevantes são as vendas no varejo e a preliminar do índice de confiança do investidor. Na agenda de balanços, mais de 30 empresas brasileiras divulgarão resultados, entre elas Amil, BRMalls, Dasa, Cetip, GOL, MMX e OGX. (Eduardo Campos | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host