UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/03/2010 - 12h58

Lopes reverte prejuízo e lucra R$ 50 milhões em 2009

SÃO PAULO - A Lopes, empresa de consultoria e intermediação imobiliária, fechou 2009 com lucro líquido consolidado, o que inclui Lopes, Pronto! e Credipronto!, de R$ 50 milhões, revertendo o prejuízo líquido de R$ 67 milhões apurado em 2008.

O lucro líquido da empresa atingiu R$ 22,6 milhões apenas no quarto trimestre de 2009, ante um prejuízo de R$ 98,2 milhões reportado no mesmo intervalo de 2008.

O lucro líquido pro-forma da Lopes totalizou R$ 55,5 milhões no ano passado, alta de 72% sobre os R$ 32,3 milhões de 2008. Apenas no quarto trimestre de 2009, o lucro pro-forma da companhia atingiu R$ 24 milhões, ante um prejuízo de R$ 13,26 milhões reportado em igual intervalo do ano anterior.

Lucro e Ebitda pro-forma são medidas não contábeis elaboradas pela Lopes, que desconsideram os efeitos decorrentes das despesas de "stock option".

Em 2009, a receita líquida da Lopes somou R$ 224,7 milhões, queda de 3% ante 2008 (R$ 232 milhões). De outubro a dezembro, a receita da companhia totalizou R$ 71,8 milhões, valor 102% superior ao registrado nos três últimos meses de 2008 (R$ 35,5 milhões).

As vendas contratadas da empresa corresponderam a R$ 9,3 bilhões no ano passado, volume 8,3% abaixo do de 2008. O valor, entretanto, superou o guidance para 2009, de R$ 9,0 bilhões. Para 2010, a empresa prevê um crescimento de 32% nas vendas contratadas, para um montante entre R$ 12 e R$ 12,5 bilhões.

Na comparação trimestral, as vendas praticamente dobraram, ao passarem de R$ 1,6 bilhão, no quarto trimestre de 2008, para R$ 3,1 bilhões, nos três últimos meses de 2009, alta de 91,3%.

O lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação (Ebitda, na sigla em inglês) pro-forma da Lopes somou R$ 89,9 milhões no último ano, aumento de 21% ante 2008. A margem Ebitda pro-forma cresceu de 32% para 40% no período.

Somente no quarto trimestre do ano, o Ebitda pro forma da empresa foi de R$ 33 milhões, ante um resultado negativo de R$ 4,42 milhões registrado entre outubro e dezembro de 2008. A margem Ebitda passou de -12% para 46% neste intervalo.

A Lopes irá propor em assembleia o pagamento aos acionistas de R$ 41,3 milhões em dividendos relativos a 2009.

(Beatriz Cutait | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host