UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/03/2010 - 10h38

Mensalidades escolares puxam alta do IPCA em fevereiro

RIO - O aumento das mensalidades escolares foi o principal motor da aceleração da inflação entre janeiro e fevereiro. No mês passado, o item avançou 5,38%, contribuindo com 0,26 ponto percentual para que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subisse de 0,75% em janeiro para 0,78% em fevereiro. Consequentemente, Educação apresentou a maior alta entre os nove grupos que compõem o IPCA, com alta de 4,53% no mês passado e contribuição de 0,32 ponto percentual, o equivalente a 41% do IPCA de fevereiro.

Além de Educação, apenas Comunicação, com alta de 0,03%, subiu entre janeiro e fevereiro. A coordenadora de Índices de Preços do IBGE, Eulina Nunes dos Santos, ressaltou que o impacto da educação no IPCA de fevereiro fica claro se o grupo for retirado do cálculo. Em janeiro, sem Educação, a inflação teria sido de 0,73%, enquanto em fevereiro esse exercício teria levado o índice para 0,46%.

" Embora de janeiro para fevereiro o IPCA tenha ficado em patamar muito próximo, isso se deu basicamente por causa das mensalidades escolares e é muito nítido que os demais grupos fizeram menos pressão em fevereiro " , frisou Eulina.

O IPCA de fevereiro apresentou o maior patamar desde os 0,79% de maio de 2008, enquanto o resultado foi o maior para um mês de fevereiro desde os 1,57% de 2003, quando a economia brasileira sofria os efeitos da alta do dólar no período eleitoral. O resultado de 4,83% no acumulado dos últimos 12 meses ainda foi o maior desde os 5,20% acumulados em 12 meses em maio do ano passado.

(Rafael Rosas | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host