UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/03/2010 - 13h47

Para Mantega, Fundo Soberano evita risco de "doença holandesa"

SÃO PAULO - O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse que não há risco de "doença holandesa" - forte entrada de moeda estrangeira que inviabiliza a produção industrial local - por conta do pré-sal.
A saída, segundo ele, é fazer como outros países exportadores de commodities, que foram bem-sucedidos com a criação de um fundo soberano.

"No caso do pré-sal da Noruega, foi criado um Fundo Soberano e eles não tiveram doença holandesa. No Chile, ocorreu o mesmo", observou.

Ainda segundo o ministro, muito antes de gerar desindustrialização, o pré-sal cria industrialização. "A indústria naval, que desapareceu, voltou a existir. Estamos construindo dez novos estaleiros, comprando mais de 200 navios e construindo quatro novas refinarias", sustentou.

(Karin Sato | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host