UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/03/2010 - 09h28

Premiê chinês vê avanço de 8% para economia do país e garante liquidez

SÃO PAULO - A economia chinesa deve crescer ao redor de 8% em 2010, conforme o premiê do país, Wen Jiabao, em discurso preparado para a sessão anual do Parlamento. Ele também avisou que a China vai injetar recursos "apropriados e suficientes" na economia para garantir a expansão neste ano.

Ao mesmo tempo, o primeiro-ministro chinês observou que vai continuar a política monetária moderadamente afrouxada, que pode, segundo ele, contribuir para administrar as expectativas de inflação e tornar o apoio financeiro para a evolução da economia mais sustentável.

"O ano de 2010 será crucial e complicado para o desenvolvimento econômico da China", considerou.

O primeiro-ministro chinês comprometeu-se a melhorar a estrutura de crédito a fim de garantir que os empréstimos beneficiem áreas importantes e que alivie efetivamente os problemas de agricultores e pequenas negócios na obtenção de financiamento.

Wen Jiabao também defendeu a supervisão do uso do empréstimo para que o recurso ajude a economia real e se mostrou favorável a controlar a concessão de crédito a indústrias que são grandes consumidoras de energia e grandes poluidoras.

As informações são da Xinhua, agência oficial de notícias da China.

(Juliana Cardoso | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host