UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

08/03/2010 - 08h19

IGP-DI fecha primeiro bimestre com elevação de 2,11%

SÃO PAULO - O Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI) subiu 1,09% em fevereiro, taxa ligeiramente acima daquela apurada um mês antes, de 1,01%. No primeiro bimestre, conforme o levantamento da Fundação Getulio Vargas (FGV), o indicador aumentou 2,11%. Em 12 meses, houve elevação de 0,77%.

O avanço na base mensal foi associado ao movimento dos preços no atacado, segundo a pesquisa divulgada nesta manhã. O Índice de Preços por Atacado (IPA), que responde por 60% do IGP-DI, saiu de 0,96% no início de 2010 para 1,38% em fevereiro. Os produtos agropecuários deixaram para trás uma queda de 0,32% para um acréscimo de 1,46%. Os produtos industriais registraram pequena alteração, de 1,37% para 1,35% de alta.

Dentro do IPA, os Bens Intermediários verificaram incremento de 1,70%, acompanhados por Bens Finais (+1,32%) e Matérias-Primas Brutas (+0,90%).

Responsável por 30% do IGP-DI, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) anotou ampliação de 0,68% em fevereiro, o que implica um abrandamento no ritmo de alta já que havia subido 1,29% no começo de 2010. Após elevação de 3,45% em janeiro, Transportes subiram apenas 1,74% na apuração seguinte. Educação, leitura e recreação, que abriram o ano com expansão de 3,09%, mudaram de mão e cederam 0,02% em fevereiro. Alimentação partiu de 1,57% para 1,16% de alta.

Por fim, com peso de 10% no indicador geral, o Índice Nacional de Construção Civil (INCC) caiu de 0,64% para 0,36% entre janeiro e fevereiro. Materiais, equipamentos e serviços avançaram 0,50% e Mão de obra anotou acréscimo de 0,21%.

O IGP-DI de fevereiro foi calculado com base nos preços coletados entre os dias 1º e 28 do mês de referência. No último Boletim Focus, do Banco Central (BC), os agentes consultados previam elevação de 0,82% para o indicador no período.

(Juliana Cardoso | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host