UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

12/03/2010 - 08h23

Aumento do consumo e adesão ao Refis puxam lucro da Eletropaulo

SÃO PAULO - A Eletropaulo fechou o ano de 2009 com lucro líquido de R$ 1,063 bilhão, valor 3,5% superior ao de 2008. De acordo com a empresa, o resultado inclui impactos positivos de R$ 298 milhões derivados da adesão da companhia ao Refis - programa de parcelamento de débitos fiscais. No quarto trimestre, o ganho da distribuidora de energia caiu 1,1% perante o mesmo intervalo de 2008, para R$ 525,6 milhões. Caso não sejam considerados nem a adesão ao Refis, nem mudanças na base de cálculo da Cofins e outros fatores extraordinários, o lucro líquido da Eletropaulo é de R$ 805,2 milhões em 2009 (comparáveis a R$ 658,2 milhões de 2008).

A empresa aderiu ao Refis em novembro de 2009, colocando no programa uma dívida de R$ 910 milhões, referente a processos que questionavam débitos de Cofins, incidência de CPMF sobre as operações simbólicas de câmbio, e reparcelamento dos débitos de PIS Faturamento.

Outro fator que beneficiou a empresa no ano passado foi um acordo fechado com a prefeitura de São Paulo para recebimento de débitos passados de fornecimento de energia. A primeira parcela, de R$ 117,8 milhões, foi paga em agosto e exerceu efeito positivo de R$ 76,6 milhões no lucro líquido de 2009.

A receita operacional líquida cresceu 10,3% no trimestre, para R$ 2,195 bilhões, e aumentou 6,9% no ano, totalizando R$ 8,05 bilhões. Contribuíram para a alta do faturamento o reajuste das tarifas (média de 14,88% com impacto a partir de julho de 2009) e o crescimento do consumo de energia. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) foi de R$ 1,573 bilhão em 2009, uma queda de 7,2% perante 2008, impactado pelo aumento de R$ 154,3 milhões no custo com previdência privada. No quarto trimestre, a diminuição do Ebitda foi de 22,5%, para R$ 431 milhões.

(Paula Cleto | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host