UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

17/03/2010 - 13h18

Desemprego no Reino Unido tem primeira queda desde maio de 2008

SÃO PAULO - A taxa de desemprego no Reino Unido caiu 0,1 ponto percentual nos três meses terminados em janeiro, atingindo 7,8%, na comparação com os 7,9% do trimestre anterior. Esta foi a primeira queda trimestral na taxa desde os três meses terminados em maio de 2008. Os dados são do órgão oficial de estatísticas ONS.

O número de desempregados se reduziu em 33 mil, totalizando 2,45 milhões. Trata-se da queda mais acentuada na quantidade de desempregados desde os três meses encerrados em julho de 2007.

Entretanto, os desempregados há mais de 12 meses aumentaram em 61 mil no trimestre, chegando a 687 mil, o número mais alto desde os três meses encerrados em agosto de 1997.

De acordo com o levantamento, o número de pessoas pedindo o seguro-desemprego se retraiu em 32,3 mil entre janeiro e fevereiro, atingindo 1,59 milhão de pessoas. Esta é a queda mensal mais significativa desde novembro de 1997.

Já a taxa de emprego para os três meses terminados em janeiro foi de 72,2%, configurando uma queda de 0,3 pontos percentuais na comparação com o trimestre anterior. Trata-se do percentual mais baixo desde os três meses encerrados em novembro de 1996. O número de pessoas com emprego se reduziu em 54 mil no trimestre, alcançando 28,86 milhões. A quantidade de pessoas em empregos de período integral também caiu em 54 mil, chegando a 21,16 milhões. Por sua vez, o número de pessoas trabalhando meio período se manteve em 7,70 milhões. Havia 1,04 milhão de empregados e autônomos trabalhando meio período porque não conseguiam encontrar um emprego de período integral, uma alta de 20 mil pessoas no trimestre. (Karin Sato | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host