UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/03/2010 - 11h27

Volátil, Bovespa volta a operar no campo positivo; dólar avança 1,13%

SÃO PAULO - Passada mais de uma hora desde o início do pregão, o mercado acionário brasileiro opera com grande volatilidade. Com mínima de 69.523 pontos e máxima de 70.127 pontos, o Ibovespa retomou o campo positivo e subia, há pouco, 0,32%, aos 69.949 pontos, com giro de R$ 1,085 bilhão.

Ontem, o índice fechou com desvalorização de 0,31%, aos 69.723 pontos, com giro de R$ 5,413 bilhões.

Nos Estados Unidos, as bolsas também oscilam entre perdas e ganhos. Enquanto o índice Dow Jones subia 0,21%, o Nasdaq estava praticamente estável, com alta de 0,01%.

Pela manhã, foi divulgado que o índice de preços ao consumidor americano registrou variação nula em fevereiro, depois de acréscimo de 0,2% na abertura do ano. Sem alimentos e energia, itens considerados voláteis, o índice subiu 0,1%, invertendo a direção tomada em janeiro, de queda de 0,1%.

Além disso, o Departamento do Trabalho revelou que os novos pedidos de seguro-desemprego nos Estados Unidos ficaram em 457 mil na semana terminada em 13 de março, um declínio de 5 mil requerimentos em relação à marca antecedente, de 462 mil.

Dentro do Ibovespa, as "blue chips" estavam no mesmo sentido do Ibovespa, com valorização. Minutos atrás, os papéis Vale PNA subiam 0,41%, a R$ 47,85, com giro de R$ 125,9 milhões. A empresa conseguiu demanda de 8 bilhões de euros na primeira grande captação realizada em euros por uma companhia não-financeira no Brasil, de acordo com Alexei Remizov, responsável pela área de mercado de capitais do HSBC, um dos bancos líderes da transação, conforme matéria do Valor.

A empresa acabou lançando 750 milhões de euros, com rendimento de 4,441% ao ano para um papel de vencimento em 2018. O cupom - juro nominal - será de 4,375% por ano e será pago anualmente. O preço do título foi de 99,564% do valor de face. O prêmio sobre o mid-swap, uma taxa de juros básica em euros, foi de 140 pontos base. Na comparação com o título do Tesouro da Alemanha, o prêmio ficou em 160,3 pontos base. A Vale utilizará os recursos em " propósitos corporativos em geral " .

Já os papéis Petrobras PN avançavam 0,24%, a R$ 37,24, com volume de R$ 133,6 milhões. A empresa divulgará amanhã, depois do fechamento do mercado, o balanço financeiro relativo a 2009.

Há instantes, entre as maiores altas do índice, estavam os papéis das construtoras. Enquanto as ações ON da MRV subiam 3,68%, a R$ 13,80, as ON da Cyrela Realty avançavam 2,91%, a R$ 22,56, e os papéis ON da Rossi se apreciavam em 2,15%, a R$ 14,25.

No sentido contrário, destaque de baixa para os papéis ON da TIM Participações, com recuo de 1,32%, a R$ 7,47, as ações ON da OGX Petróleo, com queda de 1,30%, a R$ 16,68, e as ON da LLX, com depreciação de 1,02%, a R$ 8,71.

No câmbio, o dólar ganhava força sobre as principais moedas, porém com maior valorização sobre o real. Há pouco, a divisa americana subia 1,13%, saindo a R$ 1,758 na venda.

(Beatriz Cutait | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host