UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/03/2010 - 17h27

Dólar sobe, mas ainda vale menos de R$ 1,80

SÃO PAULO - Renovada preocupação com o endividamento da Grécia, queda no preço das commodities e bolsas em baixa resultaram em mais um dia de valorização para o dólar, que subiu não só contra o real, mas também contra o euro e a libra.

Depois de marcar R$ 1,803 na máxima, preço ainda não registrado em março , o dólar comercial encerrou negociado a R$ 1,797 na compra e R$ 1,799 na venda, alta de 0,55%. Com isso, a divisa fecha a semana com valorização de 1,93%. No mês, a moeda ainda perde 0,44%. Na roda de " pronto " da Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM & F), o dólar subiu 0,56%, para fechar a R$ 1,7965. O volume subiu 30%, para US$ 108,5 milhões. Já no interbancário, os negócios seguram na casa dos US$ 2 bilhões.

O superintendente de tesouraria do Banco Banif, Rodrigo Trotta, avalia que o dólar teria espaço para subir com mais força nesta sexta-feira em função da deterioração de cenário externo. E o que pode ter limitado a valorização da divisa americana é percepção de fluxo positivo de moeda.

No campo externo, o euro é negociado na casa de US$ 1,35, menor preço desde meado de maio do ano passado. A moeda comum europeia perde força conforme surgem discursos sobre a criação de mecanismos para expulsar do bloco países que não seguem as regras fiscais.

"O preço do real vai depender muito da relação dólar/euro e de como vai caminha a solução em torno da Grécia", explica Trotta.

(Eduardo Campos | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host