UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/03/2010 - 14h24

Google pode deixar a China em abril

SÃO PAULO - O Google pode anunciar, na próxima segunda-feira, a decisão sobre a continuidade de suas operações na China, segundo informações do jornal local China Business News, que cita como fonte um funcionário não identificado da companhia.

Ainda segundo a notícia, o Google pode deixar o país asiático no dia 10 de abril. Entretanto, a informação não foi confirmada pela companhia e seus porta-vozes não comentaram o assunto. No início deste ano, o Google tinha ameaçado encerrar as operações na China por conta de censura. A companhia criou o Google.cn em 2006, concordando em censurar resultados, por meio da exclusão de sites cujo acesso era bloqueado por filtros do governo, popularmente conhecidos como " Great Firewall of China " . No ano passado, porém, Pequim acusou o Google de disseminar pornografia e o acesso ao site foi bloqueado temporariamente.

Em janeiro, o Google disse que iria parar de censurar resultados de busca no Google.cn, o que permitiria usuários a encontrar fotos e acessar sites estrangeiros " politicamente sensíveis " , embora downloads poderiam ainda ser barrados por filtros do governo.

Ainda no início deste ano, o Google relatou também que descobriu que hackers de computador fraudaram ativistas de direitos humanos, expondo suas contas de e-mail a terceiros, o que aprofundou a crise entre a companhia e o país asiático. (Karin Sato | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host