UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

24/03/2010 - 10h02

Dólar sobe após rebaixamento de rating de Portugal

SÃO PAULO - Depois de um dia de perdas acentuadas, estimuladas por fluxo de recursos e pela expectativa de um reajuste de mais de 100% no preço do minério de ferro, o dólar voltou a ganhar valor ante o real.

Por volta das 10 horas, o dólar comercial registrava alta de 0,67%, a R$ 1,789 na compra e R$ 1,791 na venda.

Na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM & F), a divisa americana para entrega em abril também ganhava 0,67%, a R$ 1,7915.

A formação de preço não escapa da piora de humor externo. A fonte de incerteza continua sendo a Europa, mas desta vez não é a Grécia que porta as más notícias. A agência de classificação de risco Fitch Rating cortou a nota soberana de Portugal de " AA " para " AA- " , com perspectiva negativa.

" Embora Portugal não tenha sido proporcionalmente afetada pela desaceleração global, suas perspectivas de recuperação econômica são mais fracas do que as dos outros 15 países-membros da zona euro, o que pressionará mais as finanças públicas no médio prazo " , disse Douglas Renwick, diretor na área de soberanos da Fitch.

A notícia também pesava sobre a formação de preço do euro, que caiu para linha de US$ 1,33, menor patamar em 10 meses. A moeda americana também ganhava da libra.

Dentro desse ambiente de maior aversão ao risco, o dia também deve ser de perdas nas bolsas de valores. Por aqui, o Ibovespa futuro declinava 0,78%, para 69.250 pontos. Em Wall Street, os futuros de Dow Jones e Nasdaq perdiam 0,25% e 0,32%, respectivamente.

(Eduardo Campos | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host