UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/03/2010 - 11h12

Ação da Brasil Telecom cai forte com nova relação de troca

SÃO PAULO - As ações da Brasil Telecom (BrT) lideravam as perdas dentro do Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), mostrando uma desaprovação dos investidores com a nova relação de troca proposta pela Telemar no âmbito da reestruturação societária das empresas.

Por volta das 11 horas, o papel PN da Brasil Telecom caía 6,75%, a R$ 11,45, Já a ação PN da Telemar recuava 0,72% a R$ 31,67. O ativo PNA da Telemar Norte Leste (controladora) subia 2,33%, a R$ 51,37.

Segundo Fato Relevante, a relação proposta é de 0,3955 ação ordinária da Telemar para cada ação ordinária da Brasil Telecom e de 0,2191 ação preferencial classe C da Telemar para cada ação preferencial da Brasil Telecom.

Conforme o comunicado, as relações de substituição foram ajustadas para refletir alterações nas provisões para contingências judiciais da Brasil Telecom.

Antes das provisões, cada ação preferencial da Brasil Telecom seria trocada por 0,2764 preferencial da Telemar Norte Leste (TMAR) e cada ordinária receberia 0,4388 da incorporadora.

A nova relação de troca também constitui a base de cálculo para se determinar o número de ações de emissão da Telemar que os atuais acionistas da Brasil Telecom receberão caso todas as etapas da reorganização societária sejam concluídas.

O Conselho de Administração da Telemar aprovou, ainda, que essa nova relação de troca seja submetidas ao Conselho de Administração da Brasil Telecom, sob condição de que seja posteriormente aprovada pelos acionistas não controladores titulares de ações ordinárias e preferenciais da companhia.

Uma vez examinadas pelo Conselho de Administração, a Telemar espera que a assembleia geral da Brasil Telecom que irá deliberar sobre as novas relações de substituição venha a ser convocada num prazo não superior a 30 dias.

(Eduardo Campos | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host