UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/03/2010 - 09h35

Bolsa de Tóquio fecha em alta, mas Xangai e Hong Kong têm queda

SÃO PAULO - As bolsas asiáticas encerraram a sessão sem uma direção comum, em meio à preocupação de parte dos agentes acerca da situação financeira de alguns países europeus. O receio entre alguns investidores veio à tona após a decisão da agência de classificação de risco Fitch Ratings de cortar a nota da dívida soberana de Portugal.

Além disso, as atenções seguem direcionadas para a Grécia. Líderes europeus se reúnem hoje e existe uma expectativa de que o encontro resulte em uma definição sobre um eventual auxílio para Atenas.

Desta forma, o Shanghai Composite, de Xangai, registrou declínio de 1,23%, para 3.019 pontos. Já o Hang Seng, de Hong Kong, cedeu 1,10%, aos 20.778 pontos.

Por outro lado, em Tóquio, o índice Nikkei 225 teve alta de 0,13%, alcançando 10.828 pontos. O Kospi, de Seul, terminou com valorização de 0,44%, aos 1.688 pontos.

O índice japonês foi influenciado pelo avanço das ações de empresas de tecnologia, como a Advantest Corp, que registraram elevação de 2,7% nesta sessão. A Nintendo foi outro destaque de alta, com 2% de aumento. Ontem, a companhia já tinha protagonizado uma elevação considerável, de 10%, depois de avisar que pretende lançar um console do Nintendo DS em que os usuários possam jogar jogos 3D sem usar óculos especiais.

A Li & Fung, fornecedora de produtos ao varejo, foi destaque de queda no mercado asiático, com retração de 9,9%, depois de divulgar um lucro em 2009 menor do que o esperado. China Unicom, do setor de telefonia móvel, se retraiu 4%.

(Karin Sato | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host