UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/03/2010 - 19h02

CMN aprova participação estrangeira na Sul América DTVM

BRASÍLIA - O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou hoje recomendação de participação externa em três instituições brasileiras. Na verdade, são os controladores das instituições que pedem autorização ao Presidente da República, para buscarem sócios no exterior.

O Banco Central (BC) não deu detalhes sobre as parcerias externas já existentes, e se há outros estrangeiros interessados.

O primeiro voto do CMN concorda com o pedido de aporte de capital externo, em até 45% do controle da Didier Levy Associados Corretora de Câmbio e no Didier Levy Banco de Câmbio.
A corretora já existe e o banco está em processo de constituição, segundo o BC. As instituições são, no momento, controladas pela Didier Levy Associados Holding Financeira.

O outro caso é da Sul América, controlada pela família Larragoiti e o ING Insurance International BV. O pedido é de controle total (100% externo) da Sul América Investimentos Distribuidores de Títulos e Valores Mobiliários - Sul América DTVM.

Os pedidos dependem de decreto do Palácio do Planalto, uma vez que a legislação atual restringe a participação externa em instituições financeiras brasileiras.

(Azelma Rodrigues | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host