UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/03/2010 - 19h25

CMN elimina prazo para Estados buscarem linha de crédito do BNDES

BRASÍLIA - Os Estados terão prazo ilimitado para buscar financiamento junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), em linha destinada a programas de modernização administrativa e patrimonial, no valor total de R$ 300 milhões. O prazo anterior era 30 de abril, mas foi derrubado pelo Conselho Monetário Nacional (CMN).

A burocracia e a ausência de projetos estruturados pelos interessados ameaçava a liberação dos recursos, cuja fonte é o Orçamento da União.

Segundo o chefe-adjunto da Assessoria Econômica do Ministério do Planejamento, Martim Cavalcanti, somente 11 dos 27 Estados apresentaram propostas, que estão em fase de análise pelo BNDES. O banco estatal alegou falta de tempo hábil para a conclusão e, por isso, o prazo-limite caiu.

Os projetos já apresentados demandariam cerca de R$ 116 milhões, segundo Cavalcanti, dependendo da capacidade de endividamento de cada ente da Federação.
O prazo do financiamento a operações do tipo modernização de centros de atendimento ao consumidor, depende do BNDES, que cobrará a variação da Taxa de Juro de Longo Prazo (TJLP, de 6% ao ano), mais taxa adicional a título de spread.

Cavalcanti descartou o risco dos recursos acabarem, sem que todos os Estados se beneficiem. "Na verdade, faltam propostas", resumiu, lembrando que a linha foi criada por demanda dos governadores.

(Azelma Rodrigues | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host