UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/03/2010 - 13h28

Empresários creem na estabilidade das condições de crédito

SÃO PAULO - Mais da metade dos empresários brasileiros (54%) acredita que as condições de crédito, no que se refere a limites, prazos e encargos, permanecerão as mesmas no segundo trimestre deste ano, na comparação com o que tem sido visto desde janeiro.

Na opinião de outros 31%, as condições vão melhorar, ao passo que, para 15%, devem piorar. Os dados constam de uma pesquisa da Serasa Experian divulgada hoje.

Entre as grandes empresas, 47% acreditam na estabilidade das condições de crédito, ao passo que para 34% o quadro deve melhorar. No caso das médias empresas, esses percentuais são de 55% e 33%, respectivamente. Por fim, 54% das pequenas empresas apostam na manutenção das condições, enquanto 30% esperam uma melhora.

Na esteira desses resultados, 59% dos empresários afirmam que irão manter os investimentos previstos para o período entre abril e junho conforme o planejado, ao passo que 33% pretendem investir mais, 7% irão postergá-los e 1%, cortá-los.

A manutenção dos investimentos conforme o planejado é prevista por 61% das grandes empresas, 58% das médias e 57% das pequenas. Na análise por setores, verifica-se que as instituições financeiras se dividem entre manter os investimentos (50%) e ampliá-los (45%). Na indústria, esses percentuais são de 60% e 31%, no comércio, de 60% e 34%, e, em serviços, de 57% e 32%. (Karin Sato | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host