UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/03/2010 - 14h33

França e Alemanha concordam em plano de resgate da zona do euro e FMI

BRUXELAS - Diplomatas disseram nesta quinta-feira que, após meses de grande incerteza e turbulência no mercado, França e Alemanha estão apoiando um programa de ajuda conjunto do Fundo Monetário Internacional (FMI) e zona do euro para a Grécia e outros integrantes da área da moeda única da Europa com problemas financeiros.

Em condição de anonimato, um diplomata comentou que a França e a Alemanha fecharam um acordo que "descreve com precisão as condições em que os estados integrantes da zona do euro intervêm" e "vai além da Grécia".

Outro diplomata comentou que o acordo pode ser comunicado ainda nesta quinta-feira, na reunião de líderes da União Europeia, depois do fechamento dos mercados.

Ele disse que pode ser oferecido 22 bilhões de euros em ajuda à Grécia, combinando empréstimos do FMI e países da zona do euro.

Está agora com o presidente da União Europeia, Herman Van Rompuy, convocar uma reunião de líderes da zona do euro nesta noite a fim de avaliar o acordo franco-alemão, depois dos debates com os 27 representantes do bloco europeu.

Ainda não existe consenso sobre como será a partilha da ajuda: um diplomata comentou que caberá à zona do euro metade do socorro, mas outro disse que os governos da região devem arcar com a maior fatia do pacote de empréstimos.

A porta-voz do governo espanhol, Cristina Gallach, disse não poder confirmar nenhum acordo, mas manifestou que a Espanha está "esperançosa" de que seja encontrada uma solução para a Grécia.

(Associated Press)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host