UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

31/03/2010 - 18h12

Serra deixa governo de SP com discurso emocionado

SÃO PAULO - Em discurso emocionado para mais de 5 mil convidados no Palácio dos Bandeirantes, José Serra, pré-candidato do PSDB à Presidência nas eleições de outubro, anunciou hoje sua despedida do governo de São Paulo. Durante cerca de 50 minutos, o tucano destacou realizações de sua gestão à frente do Estado e fez críticas indiretas aos seus adversários políticos. "Estou convencido de que o governo, como as pessoas, tem que ter honra. Assim falo não apenas porque aqui não se cultivam escândalos, malfeitos e roubalheira. Mas porque nunca incentivamos o silêncio da cumplicidade e da conivência com o malfeito", disse Serra, que chegou à cerimônia de despedida com uma hora de atraso. Ele será substituído pelo vice, Alberto Goldman (PSDB), na sexta-feira, quando entrega a carta de renúncia ao presidente da Assembleia Legislativa, deputado Barros Munhoz (PSDB). "Nós repudiamos sempre a espetacularização, a busca da notícia fácil, o protagonismo sem substância que alimenta mitologias", acrescentou o tucano.

Segundo ele, o governo paulista, que classificou de popular, não cedeu à demagogia e nem se deixou pautar por particularismos e mesquinharias. "Sou considerado um grande obsessivo, mas minha grande obsessão foi servir aos interesses gerais do meu estado e do meu país", disse Serra, ressaltando que nunca discriminou prefeitos por conta de opções partidárias. "Jamais incentivei o confronto gratuito. Ao eventual ódio, reajo com a serenidade de quem tem São Paulo e o Brasil no coração", argumentou. Ao falar sobre sua gestão no Estado, ele mencionou os programas sociais, a geração de 1 milhão de empregos com investimentos diretos e indiretos, além da inauguração do trecho sul do Rodoanel, que entra em operação amanhã. A obra pretende desafogar o trânsito na capital e será uma das principais vitrines do tucano na campanha presidencial. Embora não tenha mencionado sua candidatura à sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Serra declarou que está preparado para entrar numa nova fase. "Sinto ganhar bastante força para essa etapa seguinte. Vou entrar nela com muita disposição, força, confiança, fé, sinceridade e trabalho." Ao encerrar a cerimônia, Serra agradeceu ao Estado e recordou o atual lema de São Paulo: "pro brasilia fiant eximia", que em latim significa "pelo Brasil façam-se grandes coisas". Emocionado com os aplausos do público, o tucano não se conteve e em tom de campanha disse: "Vamos juntos. O Brasil pode mais". (Fernando Taquari | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host