UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/04/2010 - 19h49

Lula volta a ironizar multas aplicadas pela Justiça Eleitoral

SÃO PAULO - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a ironizar as duas multas aplicadas contra ele pela Justiça Eleitoral, que o acusa de fazer campanha antecipada para Dilma Rousseff, pré-candidata do PT ao Palácio Planalto nas eleições de outubro. Ao iniciar o discurso, Lula já declarou que não iria improvisar sob o risco sofrer novas penalizações. "Hoje eu vou ler o meu discurso. Vou ler porque eu estou sendo multado todo dia e daqui a pouco eu vou ter que trabalhar o resto da vida para pagar multa. Então, eu vou me conter aqui", disse o presidente. Em março, num intervalo de uma semana, Lula foi multado duas vezes pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no valor total de R$ 15 mil. A primeira representação foi feita, em janeiro, e diz respeito à inauguração, em maio do ano passado, de um centro poliesportivo em Manguinhos, no Rio de Janeiro.

A segunda multa foi motivada pela inauguração, em janeiro, do Sindicato dos Trabalhadores em Processamento de Dados de São Paulo. (Fernando Taquari | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host